Catecismo para bem viver

Estava dando uma olhada na internet à procura de certas definições de trabalho, quando me deparei com um pequeno texto que me atraiu. Não tive maiores pudores em fazer uma cirurgia completa no texto – como base, alterei algumas coisas, suprimi outras e adicionei um monte de noções e princípios muito caros para mim. Além disso, também coloquei um título. O texto final, em minha opinião, me parece um bom catecismo para uma vida frutuosa e feliz.  Estou postando o texto para você, leitor, como uma pequena oferta, um pequeno presente. Então, lá vai o texto:

APRENDIZADO

Aprendi
Que se aprende errando;
Que que crescer não significa fazer aniversário;
Que falar é prata e silenciar é ouro, e que
o silencio quase sempre  é a melhor resposta a quem nos agride;
Que conquistamos amigos sendo nós mesmos, sem maiores enfeites;
Que os verdadeiros amigos estão conosco até o fim;
Que devemos repreender em particular e elogiar em público;
Que devemos errar sozinhos e acertar em grupo;
Que nao se espera a felicidade chegar, mas se sai à sua procura;
Que nossos filhos nos preparam para a fruição de nossos netos;
Que nossos filhos são flexas, e nós meros arcos,
e que nós ficamos, enquanto eles se vão rumo ao infinito;
Que quando penso saber tudo, ainda não aprendi nada;
Que a natureza é uma das coisas mais perfeitas na vida;
Que todos os dias devo aprender uma coisa nova e, se possível, ensinar a alguém;
Que devemos sorrir e gargalhar como medicação diária para os males da mente;
Que amar significa se dar por inteiro, sem restrições;
Que ódio, ressentimento e inveja fazem mal ao fígado;
Que nossos funcionários têm sentimentos,
e que sua fidelidade a nós depende muito de como os tratamos como pessoas;
Que cara fechada afasta os bons fluidos e as pessoas em geral;
Que um aperto de mão sincero é mais importante que mil documentos,
e que um abraço forte e sincero vale por mil palavras;
Que um dia bem vivido pode ser mais importante do que muitos anos desperdiçados,
e que viver o momento presente com intensidade é tarefa para todos os dias da vida;
Que se pode conversar com as estrelas e se confessar com a lua;
Que se pode viajar além do infinito, e nem é preciso sair da nossa casa;
Que sonhar é preciso, e procurar realizar nossos sonhos é ainda mais necessário;
Que dar é melhor do que receber, SEMPRE!
Que se deve ser criança a vida toda, e que nossa alma é livre!!!
Que Deus não nos proibe nada que é feito em nome do amor,
e que, estando com Deus, o sucesso se abre completamente à nossa frente;
Que tudo é possível se o coração for generoso,
e que o PRÓXIMO é nosso irmão, e não deve ser ignorado;
Que amar é muito mais fácil do que odiar;
Que o julgamento alheio não é tão importante quanto uma autocrítica sincera;
Que estar entre amigos é uma dádiva inestimável;
Que um copo de vinho compartilhado com pessoas queridas
é sangue novo em minhas veias;
e
Que o que realmente importa é a paz interior
e ter Deus sempre no coração.

Um forte abraço e até amanhã!
Fernando Naxcimento

🙂

Anúncios

Sobre fnaxbuzios

Na Arte, faço de tudo um pouco: desenho, pinto, faço cerâmica. Cometo minhas poesias e contos. Sou tradutor de artigos científicos e livros da área médica. Fiz algumas exposições de cerâmica e desenhos no Rio de Janeiro, Niterói, Búzios, Rio das Ostras e São Paulo. Um livro publicado (em co-autoria): "O Ensino de Primeiro Grau". Artigos em jornais daqui de Búzios. Formado em Pedagogia da Arte e em Medicina Veterinária (por isso, dei muita aula de Educação Artística, sobretudo Cerâmica, e trabalhei bastante como veterinário de campo). Ex-professor universitário - na cadeira de Composição II de Arte na Faculdade de Arte do Centro Educacional de Niterói, e de Bioquímica e Fisiologia em algumas Faculdades do Rio de Janeiro. Mestrado (ainda não defendido) de Patologia Experimental pelo Departamento de Patologia Clínica do Hospital Universitário Antônio Pedro - Niterói / Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - Universidade de São Paulo. Vivo aqui no paraíso de Búzios há 12 anos... na Marina da Praia Rasa. Rubronegro doente. Amo o Rock Clássico. E o Carnaval. Um enorme orgulho profissional: ter sido Diretor Carnavalesco da Escola de Samba Combinados do Amor, a gloriosa agremiação do bairro do Caramujo, em Niterói... Meu bloco carnavalesco para sempre: "Filhos da Pauta", também de Niterói. Sou Cidadão Buziano diplomado. Sou membro da Academia de Letras e Artes Buziana. Meu projeto atual: estou envolvido na edição de meus contos e poesias em forma de e-book (antes da edição em papel...) e numa exposição de desenhos e guaches a ser realizada em breve no Rio de Janeiro e, aproveitando o embalo, em outra, cá em Búzios e em Cabo Frio (simultâneas), só de esculturas de barro. Hoje em dia, pertenço ao Conselho Editorial e escrevo de vez em quando no Jornal Primeira Hora, único diário de Búzios. E, vez por outra, vou conversar um pouco sobre cultura e otras cositas más no programa Bom Dia Búzios, na rádio Búzios-Cabo Frio AM1530, de 10 ao meio-dia, quartas e quintas. Frase para me definir: odeio incondicionalmente qualquer tipo de preconceito. Adoro minha praia Rasa, onde vivo, sou da noite, sou festeiro, e meu Triângulo das Bermudas é o eixo Rio - Niterói - Búzios. Meu maior vício é conversar (sempre! muito!...) com as pessoas - jogar conversa fora, filosofar, falar sobre cultura, rir... Objetivo maior: viver o momento presente, todos os momentos da minha vida. Profissão de fé: amizade acima de tudo! "Leia poesia... não dói, não engorda, e é de graça. Além disso, faz pensar e exercita os músculos cerebrais."
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s